Kotler Apresenta O Marketing 4.0: Moving From Tradition

17 Apr 2019 05:26
Tags

Back to list of posts

<h1>Esperan&ccedil;a No Fechamento Do El Bulli</h1>

<p>Saber quem s&atilde;o os menores, m&eacute;dios e grandes concorrentes &eacute; uma atividade important&iacute;ssima dentro do tema de planejamento e-commerce que voc&ecirc; exerce em parceria com a tua ag&ecirc;ncia de Marketing Digital favorita. Pra lhe proteger nessa tarefa, desejamos exibir outras informa&ccedil;&otilde;es valiosas sobre isso as maiores lojas virtuais do Brasil, o que lhe permitir&aacute; fazer compara&ccedil;&otilde;es e imaginar em chegar l&aacute; no topo um dia. Logo, na lista a acompanhar, n&oacute;s relacionamos as vinte lojas virtuais mais poderosas do Brasil conforme o Ranking SBVC produzido na Popula&ccedil;&atilde;o Brasileira de Varejo e Consumo. As 4 lojas ditas antecipadamente s&atilde;o dom&iacute;nio da B2W Digital, corpora&ccedil;&atilde;o fundada em 2006 com a fus&atilde;o das 3 primeiras lojas da tabela.</p>

<p>A hist&oacute;ria do Magazine Luiza pode ser uma inspira&ccedil;&atilde;o pra muita gente que est&aacute; come&ccedil;ando nesta hora no e-commerce. Em 1957, o casal Luiza Trajano e Pelegrino Jos&eacute; Donato iniciaram seu imp&eacute;rio com apenas uma pequena loja f&iacute;sica em Franca, interior de S&atilde;o Paulo. Nas d&eacute;cadas seguintes, com a socorro de alguns s&oacute;cios, os fundadores constru&iacute;ram uma vasta rede de lojas pelo interior e na capital paulista. Fundada em 2006, em Barcelona, Espanha, a Privallia &eacute; uma multinacional l&iacute;der no com&eacute;rcio de moda.</p>

<p>1,seis bilh&atilde;o com tua loja virtual em 2014, em territ&oacute;rio nacional. Apesar de fundada no Brasil, em 2000, a Netshoes est&aacute; presente bem como em pa&iacute;ses como o M&eacute;xico e Argentina. Al&eacute;m do pr&oacute;prio com&eacute;rcio eletr&ocirc;nico, a organiza&ccedil;&atilde;o administra as lojas oficiais de v&aacute;rios times de futebol, entre eles, o Palmeiras, o Cruzeiro, o San Lorenzo e o Monterrey. As tr&ecirc;s lojas que fecham a tabela s&atilde;o propriedade da GFG, uma empresa multinacional presente em vinte e sete pa&iacute;ses. S&oacute; pela Am&eacute;rica Latina, o grupo possui mais de cinco milh&otilde;es de clientes.</p>

<p>Participou de A Revolu&ccedil;&atilde;o Do Marketing Digital de investimento, inclusive no Vale do Sil&iacute;cio. Benef&iacute;cios Do Marketing Digital Pra Tua Organiza&ccedil;&atilde;o imediato s&atilde;o mais de 400 mil corpora&ccedil;&otilde;es que contam com os seus servi&ccedil;os. Pioneira em marketing de conte&uacute;do no Brasil, a corpora&ccedil;&atilde;o foi lan&ccedil;ada em 2013 e d&aacute; uma plataforma que automatiza os processos de forma&ccedil;&atilde;o de assunto online, publica&ccedil;&atilde;o e distribui&ccedil;&atilde;o.</p>

<p>Teu prop&oacute;sito &eacute; absorver redatores e corpora&ccedil;&otilde;es, sempre com assunto em particularidade. A empresa ingressou no mercado americano a come&ccedil;ar por tua entrada no programa de acelera&ccedil;&atilde;o 500 Startups. Na atualidade a Contentools atende por volta de 300 clientes. Voc&ecirc; neste instante sabia da exist&ecirc;ncia todas estas Startups? Que outra voc&ecirc; acrescentaria nesta listagem como um case de sucesso? Conte para gente nos coment&aacute;rios!</p>

<ul>

<li>7 - Neg&oacute;cios e com&eacute;rcio</li>

<li>Servi&ccedil;os de Alinhamento de Rodas de Autom&oacute;vel</li>

<li>Comprovante de faturamento dos &uacute;ltimos doze meses, no caso das organiza&ccedil;&otilde;es com fins lucrativos</li>

<li>Campos do Jord&atilde;o, SP</li>

<li>Crie conte&uacute;dos gratuitos em suas m&iacute;dias sociais</li>

<li>Por que Montar Grupos</li>

</ul>

social-media-computer-key-showing-online-community_MyodrGvO.jpg

<p>N&atilde;o teremos mais esta divis&atilde;o de or&ccedil;amento e de planejamento entre o online e o offline. O fregu&ecirc;s que nasceu no digital n&atilde;o diferencia estas esferas, desta forma o planejamento de Branding ter&aacute; que inserir tudo. A for&ccedil;a de uma marca estar&aacute; ainda mais pela maneira como ela constr&oacute;i este relacionamento com os consumidores.</p>

<p>A publicidade tradicional continuar&aacute; tendo for&ccedil;a, no entanto em diversas ocasi&otilde;es, outros pontos de contato ter&atilde;o importancia superior. Por exemplo: se voc&ecirc; vai adquirir um objeto eletr&ocirc;nico, ouvir&aacute; algumas pessoas, buscar&aacute; as considera&ccedil;&otilde;es e resenhas nas m&iacute;dias sociais e confiar&aacute; ainda mais na fato obtida nestes pontos de experi&ecirc;ncia. Como as empresas v&atilde;o atuar em um future pr&oacute;ximo pra gerar compradores leais e montar boas experi&ecirc;ncias de consumo?</p>

<p>Helen Zeitoun: Temos a consci&ecirc;ncia de que o marketing de massa foi agrad&aacute;vel, todavia hoje precisamos nos reverter para as pessoas e pra autenticidade dos relacionamentos entre marcas e consumidores. Carecemos nos reverter pra intera&ccedil;&atilde;o, para as pessoas e pra humaniza&ccedil;&atilde;o. Marketing &eacute; especialmente olhar pro ser humano.</p>

<p>O marketing do futuro ser&aacute; aquele que considera seriamente o ser humano como centro das estrat&eacute;gias, dos processos, da cultura, da tomada de decis&atilde;o. O marketing n&atilde;o &eacute; apenas pra construir share de mercado. Estamos explicando de algo mais profundo, que &eacute; gerar progresso sustent&aacute;vel para as marcas. No final das contas, s&atilde;o as pessoas que tornam uma marca sustent&aacute;vel, s&atilde;o as pessoas que mant&ecirc;m o teu desenvolvimento. Este &eacute; o grande futuro pro gerenciamento das marcas e para o gerenciamento do marketing nas institui&ccedil;&otilde;es. Acredito que os pa&iacute;ses asi&aacute;ticos s&atilde;o capazes de estar na frente nesse recurso, porque possuem uma cultura historicamente mais voltada para as pessoas, enquanto os ocidentais s&atilde;o mais cartesianos, mais mec&acirc;nicos.</p>

<p> Taylor, Fayol E Ford : Indiv&iacute;duos que procuram a toda a hora atualizar tuas organiza&ccedil;&otilde;es, quer do ponto de vis&atilde;o administrativo, quer tecnol&oacute;gico. INPUT/OUTPUT ANALYSIS: An&aacute;lise insumo/objeto, observa&ccedil;&atilde;o de trocas intersetoriais. INPUT: 1. Detalhes liberada do mundo exterior para um mecanismo de processamento de detalhes. 2. Insumo; fator de gera&ccedil;&atilde;o. Bem como produzido como entrada. INSIGHT: Express&atilde;o utilizada no momento em que se faz uma descoberta quando se est&aacute; criando algum texto ou an&uacute;ncio.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License